Clique e assine a partir de 9,90/mês

Dilma entra na campanha de Haddad em setembro

Petista diz ter confiança de que chegará ao 2º turno na disputa pela prefeitura

Por Da Redação - 31 ago 2012, 12h24

Em crescimento nas pesquisas de intenção de voto, o petista Fernando Haddad comemorou nesta sexta-feira o engajamento de seus padrinhos na campanha. Ele afirmou que sua primeira agenda com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será no dia 11, no Sindicato dos Bancários, e que a presidente Dilma Rousseff deve entrar na campanha ao seu lado ainda em setembro. O petista agradeceu também o apoio que tem recebido da senadora Marta Suplicy.

“Marta gastará sola de sapato comigo pela cidade”, disse Haddad. “Vai fazer diferença. Marta foi uma grande prefeita e lembrada com muito carinho, sobretudo na periferia.”

Haddad evitou analisar o atual cenário eleitoral e não quis comentar quem seria o adversário ideal para um eventual 2º turno, onde está seguro de que chegará, “segurança, hoje, maior do que nunca”. O candidato disse ainda não acreditar em reflexo negativo da condenação do deputado federal João Paulo Cunha em sua campanha.

Leia também:

Continua após a publicidade

Leia também: Haddad a VEJA: “Quem determina o caminho sou eu”

(Com Agência Estado)

Publicidade