Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma diz que caso Palocci está sendo politizado

Presidente segue recomendação de Lula e sai em defesa do ministro

Atendo às recomendações do ex-presidente Lula, a presidente Dilma Rousseff saiu publicamente em defesa do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci. Dilma afirmou lamentar que a questão esteja sendo politizada. “Quero assegurar que o ministro Palocci está dando todas as explicações para os órgãos de controle. Espero que esta questão não seja politizada como foi o caso do que aconteceu ontem. Um caso lastimável que é a questão da devolução dos impostos à empresa WTorre pela Fazenda”, afirmou.

Dilma se referia a uma suposto benefício da Receita Federal em relações à empresa WTorre Empreendimentos Imobiliários – que teria recebido a restituição dos impostos em um prazo recorde. A empresa é um dos clientes da consultoria Projeto, do ministro Palocci. “A Fazenda demorou um determinado tempo, em torno de dois anos e a Justiça determinou à Fazenda o pagamento da restituição devida à empresa. Não se trata de maneira alguma de nenhuma manipulação. Lamento que um caso desse tipo esteja sendo politizado”, completou Dilma.

Segundo a presidente, o ministro Palocci dará todas as explicações sobre seu enriquecimento para o Ministério Público nos próximos dias. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, o ministro teve o patrimônio multiplicado em 20 vezes entre 2006 e 2010, quando era deputado federal.

Caso – A empresa WTorre conseguiu a restituição de cerca de 10 milhões de reais da Receita Federal 43 dias depois de ter feito o pedido. A oposição avaliou esse tempo como rápido demais e desconfiou de uma provável influência de Palocci no caso.

O levantamento foi pelo deputado Fernando Francischini (PSDB-PR) por meio do Siaf. A WTorre doou pelo menos 2 milhões de reais para a campanha de Dilma Rousseff em 2010. Nesta quarta-feira, o Ministério da Fazenda informou, em nota, que a restituição ocorreu por determinação judicial.