Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma avisa aos senadores: vetará Código Florestal se texto aprovado na Câmara for mantido

Após reclamações levadas ao ex-presidente Lula, Dilma promete se reunir com todas as bancadas da base aliada no Senado

A presidente Dilma Rousseff mandou um recado nesta quinta-feira aos senadores da base aliada sobre o Código Florestal. Disse que vetará o projeto, se o plenário do Senado aprovar o mesmo texto encaminhado pela Câmara dos Deputados. “Tenho a prerrogativa do veto. Se eu julgar que qualquer coisa prejudique o país, eu vetarei. A Câmara pode derrubar o veto e você tem ainda as instâncias judiciais. Mas sou a favor do caminho da compreensão e do entendimento”, ameaçou a presidente.

Na terça-feira, os deputados contrariaram o governo e aprovaram uma emenda do PMDB que, entre outras alterações, permite que os governos estaduais legislem sobre a ocupação de Áreas de Preservação Permanente (APP). O governo era contra a aprovação do dispositivo – quer a prerrogativa de legislar sobre APPs para si -, mas foi derrotado pelos votos da oposição e da maior parte da base aliada.

Dilma disse que tentará com firmeza convencer os senadores a derrubarem a emenda e evitar, assim, que o impasse ocorrido na Câmara seja repetido no Senado. Questionada se iria prorrogar o decreto que prevê crimes ambientais, Dilma respondeu: “O futuro a Deus pertence”. A prorrogação de 120 dias do decreto é um pedido dos senadores, que afirmam que não terão tempo de apreciar as mudanças no Código Florestal até o dia 11 de junho, quando o prazo do decreto termina.

A presidente afirmou ainda que evitar novos desmatamentos não significa vingar os que desmataram no passado. “Não concordo que o Brasil seja um país que não tenha condição de combinar a situação de grande potência agrícola com a potência ambiental que também é. Não sou a favor da consolidação a anistia dos desmatamentos”, declarou.

Um dia depois dos líderes da base aliada se queixarem ao ex-presidente Lula sobre a distância de Dilma em relação aos parlamentares, a presidente disse que respeitará o poder do Legislativo. Ele prometeu se reunir com todos os partidos da base para tratar de Código Florestal. Nesta quinta, está marcado um almoço no Palácio da Alvorada com a bancada do PT.

A presidente falou com a imprensa depois de cerimônia sobre educação no Palácio do Planalto.