Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Dez frases do discurso de Dilma que ficaram mal explicadas

Em discurso de posse, a presidente fez afirmações contraditórias sobre política e economia que exigem quase uma "tradução"

Por Da Redação 1 jan 2015, 18h58

A presidente Dilma lançou mão de um discurso cheio de contradições durante sua posse, nesta quinta-feira. No campo econômico, tentou suavizar a necessidade de ajustes e sinalizou que a economia vai bem. Quando abordou o tema corrupção, colocou a Petrobras como vítima de um esquema criminoso – sem mencionar que seu partido foi um dos maiores beneficiados pela drenagem de recursos da estatal. Em sua oratória, há espaço amplo para contestação. Confira algumas frases que ficaram mal explicadas.

Leia também:

Dilma diz que vai priorizar ministério que tirou do PT

Dilma assume novo mandato para fazer o contrário do que pregou na campanha

Continua após a publicidade
Publicidade