Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Debates na região Norte terão disputa por vagas em segundo turno

Em parte dos estados, disputa será por vagas em aberto no 2º turno das eleições; em outros, o objetivo é evitar a vitória precoce dos líderes da pesquisa

Os sete estados da região Norte do Brasil terão debates entre os candidatos a governador nas afiliadas da TV Globo na noite desta terça-feira. Em algumas regiões, a disputa será por vagas em aberto no segundo turno das eleições. Em outras, candidatos tentam provocar uma segunda etapa, vencendo o favoritismo dos atuais líderes.

No Acre, em que Gladson Cameli (PP) cresceu e assumiu a ponta da disputa, o encontro terá o senador debatendo com os candidatos Coronel Ulysses (PSL), David Hall (Avante) e Marcus Alexandre (PT). A mediação será do jornalista Júlio Mosquéra.

No Amazonas, três candidatos, Amazonino Mendes (PDT), Wilson Lima (PSC) e David Almeida (PSB) disputam pela segunda etapa, com Omar Aziz (PSD) um pouco mais atrás. Além deles, Berg da UGT (PSOL) e Lucia Antony (PCdoB) participarão do encontro. A mediação será de Carlos Tramontina.

No Amapá, João Capiberibe (PSB), Waldez Góes (PDT) e Davi Alcolumbre (DEM) disputam mais diretamente as duas vagas. Além dos três, o candidato Cirilo (PSL) participará do debate, mediado por Roberto Paiva.

No Pará, Helder Barbalho (MDB) lidera com chances de vencer a disputa em primeiro turno. Buscando acirrar o cenário e prolongar a concorrência, os candidatos Fernando Carneiro (PSOL), Márcio Miranda (DEM) e Paulo Rocha (PT) participam do debate, mediado por Claudia Bomtempo.

Em Rondônia, Expedito Júnior (PSDB) lidera, seguido por Acir Gurgacz (PDT) e Maurão de Carvalho (MDB). Os candidatos Coronel Marcos Rocha (PSL), Pimenta de Rondônia (PSOL) e Vinícius Miguel (Rede) debaterão nesta terça. O encontro terá o jornalista Wilson Kirsche como mediador.

Em Roraima, a crise migratória com a Venezuela deve seguir sendo pauta da disputa entre os candidatos Antonio Denarium (PSL), Fábio Almeida (PSOL), José de Anchieta Júnior (PSDB), Suely Campos (PP) e Telmário Mota (PTB). A mediação será de André Luiz Azevedo. No Tocantins, o objetivo é conter a chance de reeleição do governador Mauro Carlesse (PHS) no primeiro turno. Debaterão com ele os candidatos Bernadete Aparecida (PSOL), Carlos Amastha (PSB), César Simoni (PSL) e Márlon Reis (Rede).