Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Debate entre candidatos a prefeito do Rio vai disputar audiência com o Brasileirão

Conheça os temas de campanha que os postulantes ao Palácio da Cidade devem levar para o encontro na Rede TV!, na noite desta quarta-feira

No Rio de Janeiro, durante o debate, a Rede Globo vai transmitir Cruzeiro e Botafogo, jogo disputado em Minas Gerais, pela 22ª rodada do Brasileirão

Os cinco principais candidatos à prefeitura do Rio de Janeiro estarão novamente reunidos na noite desta quarta-feira para um debate na TV. O encontro desta vez é promovido pela Rede TV! e pelo jornal Folha de S. Paulo, com transmissão a partir das 22h45. Numa disputa eleitoral que, por enquanto, segundo as pesquisas de intenção de voto, caminha para se decidir no primeiro turno, os embates televisionados podem ser decisivos para alavancar novos níveis de percepção no eleitorado. Os candidatos têm, no entanto, um desafio a mais: conseguir prender o telespectador em dia de partidas do Campeonato Brasileiro.

No Rio de Janeiro, durante o debate, a Rede Globo vai transmitir Cruzeiro e Botafogo, jogo disputado em Minas Gerais, pela 22ª rodada do Brasileirão. Os assinantes de canais pagos têm, no mesmo horário, outras opções de partidas e entretenimento. A TV a cabo, aliás, tem registrado aumento de audiência nos momentos de propaganda eleitoral gratuita na TV, uma prova de que a campanha não é, por assim dizer, o programa favorito de quem está no sofá de casa.

LEIA TAMBÉM:

O que o debate diz sobre os candidatos no Rio

Dilma grava nesta quarta-feira mensagem de apoio a Haddad

Procurador eleitoral critica show em apoio a Marcelo Freixo

Mantido o cenário no Rio, o vencedor seria o candidato à reeleição, Eduardo Paes, do PMDB. Na última pesquisa DataFolha, Paes aparece com 53% das intenções de voto, resultado que liquidaria o pleito no primeiro turno. O prefeito considerou o primeiro encontro, na Band, “um zero a zero desgraçado”, “chatérrimo”. Do ponto de vista da audiência, ele estava certo: o encontro na Band não conseguiu ir além do 1 ponto de audiência, prejudicado certamente pelas cenas quentes da novela ‘Avenida Brasil’, na Globo. A monotonia não deve se repetir, pelo menos se depender do segundo colocado nas pesquisas, o deputado estadual Marcelo Freixo, do PSOL, que tem 13% das intenções de voto.

Freixo é quem tem sido mais agressivo, com críticas a praticamente todas as áreas da administração do PMDB. Otávio Leite, deputado federal que disputa a prefeitura pelo PSDB, também deve partir para o ataque, lançando mão inclusive do que chama de “o combativo deputado Eduardo Paes”, referência que sempre faz à participação do atual prefeito na CPI dos Correios, ainda como tucano. Na época, Paes fez ataques pesados ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que hoje pede votos para o prefeito no horário eleitoral.

Otávio Leite, aliás, foi uma exceção no debate da Band. Enquanto Rodrigo Maia (DEM) rolava a bola para Freixo, com perguntas confortáveis, o tucano tentou mostrar que Freixo “não é do Rio”, por ter, até pouco tempo, título de eleitor de Niterói. No momento, o flanco mais vulnerável do deputado do PSOL é a proposta que fez para reformular o carnaval, que, segundo ele, deveria ter uma avaliação de enredos para o repasse de verbas públicas às escolas de samba. Freixo também foi duramente criticado pela deputada estadual Aspásia Camargo, do PV, que comparou o colega de Assembleia Legislativa a Stalin, por querer “mandar no carnaval”.

Três dos rivais de Paes, aliás, têm um problema: Aspásia, Otávio e Freixo disputam votos na zona sul da cidade e com o eleitorado de maior escolaridade, o que explica a tentativa do PSDB e do PV de atacar o candidato do PSOL. O deputado federal Rodrigo Maia, do DEM, que faz campanha em busca dos votos da zona oeste, deve se concentrar nas críticas a Paes – algo que fez de forma ainda acanhada no primeiro debate. Conheça alguns dos temas da campanha que deve ser explorados no debate desta noite:

LEIA MAIS

Igreja manifesta a candidatos do Rio preocupação com o crack

Otávio Leite: “Sou um tucano em busca dos ninhos cariocas”

Rodrigo Maia: “Até meu eleitor me conhece pouco”