Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Datafolha: avaliação positiva de Dilma cai

Pesquisa indica que avaliação caiu oito pontos percentuais desde março; é a primeira vez que popularidade da petista sofre queda

A avaliação positiva da presidente Dilma Rousseff caiu oito pontos percentuais desde março, indica pesquisa elaborada pelo instituto Datafolha. É a primeira vez que o instituto detecta uma queda na popularidade da petista desde o início do seu governo, em 2011. Nos últimos meses, pesquisas do Ibope e do Vox Populi já haviam apontado uma queda semelhante.

Segundos os dados do Datafolha, em março, 65% dos entrevistados avaliaram a administração de Dilma como boa ou ótima. Agora, esse percentual caiu para 57%.

A pesquisa conclui que os números apontam para uma deterioração da imagem da presidente por causa do aumento do pessimismo entre os brasileiros com a situação econômica. A pesquisa também mostra que a população está mostrando uma preocupação maior com a inflação e o desemprego.

Ainda segundo o Datafolha, essa deterioração da imagem de Dilma ocorreu entre homens e mulheres, em todas as regiões do país, em todas as faixas de renda e em todas as faixas etárias.

A pesquisa também mostra que diminuiu a intenção de voto para a presidente nas eleições de 2014. Em março, em um cenário que incluía uma disputa com a ex-senadora Marina Silva, o senador Aécio Neves (PSDB) e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), Dilma levaria 58% dos votos, segundo a pesquisa.

Agora, esse percentual caiu para 51% – uma número ainda suficiente para garantir sua reeleição, mas que aponta a influência crescente da situação econômica nas intenções de voto.

Já o pré-candidato Aécio Neves cresceu em relação ao levantamento de março. Antes com 10% das intenções de voto, ele agora 14%. A pesquisa foi realizada entre 6 e 7 de junho. Foram realizadas 3.758 entrevistas. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.