Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cunha arquiva pedido de impeachment feito por Bolsonaro

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), arquivou nesta quarta-feira mais um pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff – desta vez, o formulado pelo deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ). O arquivamento segue a estratégia de arquivar as representações menos contundentes pelo afastamento da petista e garantir força à peça assinada pelos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale. Bolsonaro apresentou o pedido de impeachment contra Dilma em março e acusa a presidente de “omissão”, por não conter o esquema de corrupção na Petrobras. “Mais do que despreparo, mostra-se evidente a omissão da denunciada ao deixar de adotar medidas preventivas e repressivas para combater o câncer da corrupção em seu governo, mantendo, perto de si e em funções de alta relevância da administração federal, pessoas com fortes indícios de comprometimento ético e desvios de conduta. Deixou de agir em defesa da sociedade da qual é responsável máxima na administração pública”, disse Bolsonaro na ação. Restam sete pedidos de impeachment para serem despachados por Eduardo Cunha. (Laryssa Borges, de Brasília)