Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Cresce aprovação ao governo de Jair Bolsonaro, aponta pesquisa FSB/VEJA

Houve aumento das avaliações positivas da gestão, da forma de o presidente governar e das expectativas até o final do mandato, em 2022

Por Da Redação 15 fev 2020, 08h40

A avaliação do governo Jair Bolsonaro aumentou em fevereiro deste ano na comparação com dezembro de 2019 em todos os quatro pontos levantados pela pesquisa VEJA/FSB: a gestão propriamente dita, a forma como o presidente governa, o que foi realizado até agora em comparação com o que se esperava antes do início do mandato e a expectativa sobre como estará o país até o final da administração, em dezembro de 2022.

Segundo o levantamento, 36% avaliam o governo como ótimo ou bom contra 31% em dezembro – o aumento foi além da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo. A taxa dos que consideram a gestão ruim ou péssima, por outro lado, caiu de 35% em dezembro para 31% em fevereiro.

Em relação à forma como Bolsonaro administra o país, também houve crescimento da aprovação, mesmo em meio a polêmicas de todo o tipo envolvendo o próprio presidente, seus familiares e alguns de seus ministros. Em dezembro, 44% aprovavam o estilo presidencial – agora em fevereiro são 50%.

Para 36% dos entrevistados, Bolsonaro está se saindo muito melhor ou um pouco melhor do que o esperado – em dezembro, esse número era de 29%.  Em relação à expectativa até o final do mandato, 26% acham que será ruim ou péssimo, um recuo em relação aos 33% que achavam a mesma coisa em dezembro do ano passado.

Todos os indicadores positivos são os maiores detectados nas quatro pesquisas FSB/VEJA feitas desde agosto de 2019 – veja abaixo todos os quadros.

Continua após a publicidade

Segundo os entrevistados, as áreas que mais melhoraram foram o combate à corrupção (29%) e a segurança (16%), ambas atribuições mais afeitas ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, comandado pelo ministro Sergio Moro, o mais bem avaliado pelos entrevistados (29% o apontam como o melhor titular da Esplanada dos Ministérios) – o segundo colocado, Paulo Guedes (Economia), tem apenas 6%. Já as áreas que mais pioraram, segundo os entrevistados, foram saúde (44%), educação (26%) e combate ao desemprego (21%).

Eleições

A pesquisa exclusiva VEJA/FSB mostra que o presidente Jair Bolsonaro, com a avaliação em alta, leva vantagem sobre os seus potenciais rivais na disputa presidencial de 2022. Na busca pela reeleição, Bolsonaro subiu na intenção de voto, enquanto os demais postulantes ao Planalto ficaram estagnados. Nos cinco cenários de primeiro turno pesquisados, o presidente tem ampla vantagem sobre adversários como o apresentador Luciano Huck, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Confira a íntegra da pesquisa sobre o primeiro turno em 2022.

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)