Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Corregedor do MP arquiva apuração contra Deltan por não ver ilegalidade

Conselheiros do Ministério Público pediram investigação contra procurador, mas corregedor não vê "falta funcional" nos diálogos com o então juiz Sergio Moro

Por Da Redação Atualizado em 28 jun 2019, 16h44 - Publicado em 27 jun 2019, 21h02

O corregedor do Conselho Nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel, determinou nesta quinta-feira, 27, o arquivamento de apuração sobre se o procurador da República Deltan Dallagnol e outros integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato cometeram “falta funcional” em razão de troca de mensagens reportadas pelo site The Intercept e também publicadas pela rádio BandNews e pelo jornal Folha de S.Paulo.

Em diversas conversas publicadas feitas por meio do aplicativo Telegram e atribuídas a Dallagnol e ao ministro da Justiça, Sergio Moro, na época em que era juiz da Lava Jato em Curitiba, ambos trataram de assuntos investigados pela força-tarefa.

No último dia 10, Rochadel instaurou procedimento preliminar para apuração do caso após pedido assinado por conselheiros do CNMP. “Cabe apurar se houve eventual falta funcional, particularmente no tocante à violação dos princípios do juiz e do promotor natural, da equidistância das partes e da vedação de atuação político-partidária”, pediram na ocasião.

Segundo Rochadel, há elementos que mostram que as mensagens divulgadas pelo site foram obtidas de forma ilícita. Ele afirmou ainda que não há indícios de infração funcional nos diálogos. “Por todo o exposto e em face da inexistência de elementos de prova [mensagens que, se existentes, foram obtidas de forma ilícita] ou mesmo pela inexistência de ilícito funcional nas mensagens, se fossem consideradas, impõe-se o arquivamento da presente reclamação disciplinar.”

OUÇA OS PODCASTS DE VEJA

Já ouviu o podcast “Funcionário da Semana”, que conta a trajetória de autoridades brasileiras? Dê “play” abaixo para ouvir a história, os atos e as polêmicas do deputado federal Alexandre Frota. Confira também os outros episódios aqui.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)