Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Conselho de Ética da Câmara aprova suspensão de Daniel Silveira

A defesa do deputado teria cinco dias para recorrer da decisão na CCJ, contando da data da publicação da decisão, mas abiu mão do prazo recursal

Por Da Redação 29 jun 2021, 22h17

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara aprovou, nesta terça-feira, 29, pelo placar de 13 votos a 3, a suspensão por dois meses do mandato do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). A defesa do deputado teria cinco dias para recorrer da decisão na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), contando da data da publicação da decisão, mas abiu mão do prazo recursal.

A decisão de suspender Daniel Silveira caberá agora ao Plenário da Câmara.

O PSL acusa Daniel Silveira de ter gravado e divulgado em 2019, sem autorização, uma reunião reservada em que se discutia a disputa pela liderança do partido. O deputado nega as acusações.

Para o relator do caso no Conselho de Ética, deputado Alexandre Leite (DEM-SP), que leu seu parecer no dia 22, a gravação de uma reunião restrita ou não, de forma clandestina, fora de casos excepcionais permitidos pelo ordenamento jurídico, não se coaduna com a ética e com a moral.

Com Agência Brasil

Continua após a publicidade
Publicidade