Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comitiva de Bolsonaro para final da Copa América terá Moro e Guedes

Dois filhos do presidente, Eduardo e Flávio, também estarão presentes. Comitê Organizador deu aval para entrada no gramado

Nove ministros do atual governo vão estar na tarde deste domingo, 7, no Rio de Janeiro com o presidente da República, Jair Bolsonaro, para acompanhar a final da Copa América entre Brasil e Peru. Entre eles, os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. O jogo será no Maracanã, às 17 horas.

Na lista de autoridades que devem ir à partida com Bolsonaro estão, além de Guedes e Moro, os ministros da Defesa, general Fernando Azevedo, de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, da Cidadania, Osmar Terra, da Controladoria-Geral da União, Wagner de Campos Rosário, de Minas e Energia, Bento Costa Lima e da Segurança Institucional, general Augusto Heleno.

Também acompanham Bolsonaro ao jogo dois de seus filhos, o senador Flávio Bolsonaro, (PSL-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Estarão presentes ainda os deputados Darcísio Perondi (MDB-RS), José Medeiros (PODE-MT), Gurgel (PSL-RJ), Hélio Lopes (PSL-RJ) e Marcel Van Hattem (Novo-RS).

Além de assistir ao jogo, Bolsonaro manifestou interesse em ir ao gramado acompanhado de Moro. “Pretendo, no domingo, não só assistir à final do Brasil com o Peru. Bem como, se for possível e a segurança me permitir, iremos [o presidente e o ministro] ao gramado”, disse, na sexta-feira 5, após a solenidade do aniversário do Batalhão do Imperador em Brasília.

Em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, na sexta-feira, o gerente de competições do Comitê Organizador Local (COL), Thiago Jannuzzi, deu aval para Bolsonaro entrar em campo. “Sobre a presença do presidente, eles vão a campo. Isso é normal. No pré-jogo ou no intervalo, é normal”, disse Jannuzzi.

A comitiva para o jogo, que possui ao todo vinte pessoas, além de Bolsonaro, terá ainda a presença do secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, General Décio Brasil, do secretário nacional de Futebol do Ministério da Cidadania, Ronaldo Lima, e do Embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley.

Bolsonaro deve embarcar em voo de Brasília para o Rio às 14h30, a partir da base aérea da capital federal. A chegada ao Rio está prevista para as 16h, no Aeroporto Santos Dumont.

(Com Estadão Conteúdo)