Clique e assine a partir de 9,90/mês

Com coronavírus, Alcolumbre passou a noite em hospital de Brasília

Presidente do Senado realizou tomografia no pulmão após tosse e dificuldade para respirar e deixou o Sírio-Libanês por volta das 10h30 desta quinta

Por André Siqueira - Atualizado em 19 mar 2020, 11h39 - Publicado em 19 mar 2020, 11h35

Diagnosticado com o novo coronavírus, o presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP) foi internado no hospital Sírio-Libanês, em Brasília, na noite de quarta-feira 18, com tosse e dificuldade para respirar. Após a realização de uma bateria de exames, deixou o hospital por volta das 10h30 desta quinta-feira, 19.

Na semana passada, o presidente do Senado já havia realizado um primeiro teste, que resultou negativo. Resfriado, porém, o senador refez o teste, cujo resultado positivo foi divulgado nesta quarta-feira.

A VEJA, o chefe de gabinete da Presidência do Senado afirmou que os médicos de Alcolumbre o aconselharam a realizar uma tomografia do pulmão, em virtude das tosses. O quadro de saúde do senador, que seguirá despachando de casa, em isolamento domiciliar, é leve e estável.

Publicidade