Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com camponeses, Dilma faz quinto ato anti-impeachment no bunker do Planalto

A presidente Dilma Rousseff voltou a lotar com dezenas de militantes de movimentos campesinos do Nordeste nesta sexta-feira o bunker contra o impeachment instalado dentro do Palácio do Planalto para anunciar medidas de reforma agrária que pouco realizou ao longo de seu mandato. Ela regularizou a posse de 22.2000 hectares de terras a 799 famílias no Maranhão, Pará, Rio Grande do Norte e Sergipe. Eles receberam Dilma aos gritos “Não Vai ter golpe” e “Vai ter luta”, e interromperam o cerimonial por quase dez minutos com cânticos de esquerda e gritos supostamente em defesa da democracia. Usaram chocalhos, cartazes e bandeiras e tocaram o Hino Nacional em viola caipira. O ato político ficou camuflado com medidas administrativas que têm por objetivo agradar aos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), além de coletivos negros e quilombolas. (Felipe Frazão, de Brasília)