Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cabral recebe moradores da Rocinha na sede do governo

Reunião ocorre três dias depois de manifestação pacífica que saiu da favela e terminou na rua onde mora o governador, no Leblon

O governador do Rio, Sérgio Cabral, recebeu na tarde desta sexta-feira um grupo de moradores da Rocinha. O encontro, no Palácio Guanabara, em Laranjeiras, acontece três dias depois de uma manifestação pacífica organizada por moradores da favela, que caminharam por 13 quilômetros até a casa do governador, no Leblon. A principal reinvindicação dos moradores é a conclusão das obras do PAC 1, que inclui investimento em saneamento e a conclusão da construção de uma creche comunitária.

Os 12 representantes das favelas da Rocinha, Vidigal e da Chácara do Céu, na Zona Sul do Rio, tinham uma pauta definida, que incluía ainda a realização de obras de pavimentação de ruas e a criação de cursos técnicos e profissionalizantes.

Na última quinta-feira, o governador recebeu cinco jovens, que segundo a assessoria de imprensa do governo, seriam representantes do movimento “Ocupa Delfim”. A reunião durou duas horas, mas no fim do encontro nenhum deles soube explicar o que foi discutido. Integrantes do “Ocupa Delfim”, que estão acampados na porta do governador, afirmam que a comissão não representa o movimento e chegaram a dizer que tratava-se de um grupo infiltrado com o objetivo de desmobilizar os manifestantes.

Cabral recusou-se a atender a imprensa depois da reunião desta sexta-feira. O vice-governador, Luiz Fernando Pezão deu uma entrevista após a audiência, mas não respondeu quando os jornalistas perguntaram sobre a pauta da reunião de quinta-feira e como o governo chegou aos cinco jovens, que não seriam representantes dos manifestantes.

Leia também:

Protestos no Rio e em Niterói perdem força nesta terça

Moradores da Rocinha vão caminhar até a casa de Sérgio Cabral