Clique e assine a partir de 9,90/mês

Bumlai prometeu acionar o ‘Barba’ para fechar contrato

Por Da Redação - 24 nov 2015, 11h09

Em depoimento prestado depois de fechar acordo de delação premiada, o lobista Fernando Baiano narrou à força-tarefa da Lava Jato como o pecuarista José Carlos Bumlai se comprometeu a procurar o ex-presidente da Petrobras José Sergio Gabrielli e o ex-presidente Lula para garantir um contrato para a Schahin. Amigo íntimo de Lula, Bumlai utilizava-se de um apelido para se referir ao ex-presidente. “O depoente pressionou Bumlai para que ele acionasse os contatos dele, em especial Gabrielli e o presidente Lula”, diz trecho da delação de Baiano. “Bumlai respondeu que o depoente poderia ficar tranquilo, pois iria acionar Gabrielli e o ‘Barba’, que era como Bumlai se referia ao presidente Lula”, pressegue o documento. “Bumlai disse ao depoente que, assim que tivessem feitos os contatos, iria avisá-lo para que a questão fosse colocada em pauta”. O pecuarista foi preso nesta terça-feira, na 21ª fase da Lava Jato. (Laryssa Borges, de Brasília)

Publicidade