Clique e assine com até 92% de desconto

Bumlai e Delúbio farão acareação sobre empréstimo fictício ao PT

Por Da Redação 14 jun 2016, 18h15

Alvos da Operação Lava Jato, o empresário José Carlos Bumlai e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares farão uma acareação no próximo dia 27 de junho. No escândalo do petrolão, o ponto de divergência entre os dois gira em torno de um empréstimo fraudulento de 12 milhões de reais simulado pelo PT. Em depoimento ao juiz Sergio Moro, que nesta terça autorizou a acareação, Bumlai disse que assinou o empréstimo fictício para o PT por medo de ser alvo de invasão de terras e afirmou que o pedido para a liberação dos recursos partiu do então tesoureiro Delúbio Soares, embora o tema tenha sido tratado também pelo ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto e pelo lobista Fernando Baiano. Amigo do ex-presidente Lula, Bumlai foi o avalista da tomada de dinheiro junto ao Banco Schahin usada para pagar despesas eleitorais de 2004 e para repassar dinheiro de uma suposta chantagem feita pelo empresário Ronan Maria Pinto, em Santo André (SP). (Laryssa Borges, de Brasília)

Publicidade