Clique e assine a partir de 8,90/mês

Duelo de panelaços: ruidosos protestos contra e a favor de Bolsonaro

Moradores de diversos estados se manifestaram nas janelas nesta quarta; atos contra o presidente ocorreram três vezes ao longo dia e a favor, às 21h

Por Da Redação - Atualizado em 18 mar 2020, 22h17 - Publicado em 18 mar 2020, 21h33

Convocado via redes sociais, o panelaço para protestar contra o governo do presidente Jair Bolsonaro foi ouvido nesta quarta-feira, 18, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Belo Horizonte, Fortaleza, Salvador, Porto Alegre, entre outras. No dia anterior, já haviam ocorrido atos semelhantes ao menos em São Paulo, Rio e Brasília.

Nesta quarta-feira, em algumas localidades, foram realizados protestos em ao menos três ocasiões: durante entrevista de Bolsonaro e seus ministros por volta das 14h; no início da noite, durante pronunciamento sobre o decreto do estado de calamidade pública; e por volta das 20h30, como já vinha sendo convocado na internet. Além da bateção de panelas, foram ouvidos gritos contra o presidente como “Fora, Bolsonaro” e “acabou”. Em bairros de São Paulo, também houve projeções nos prédios com imagens, por exemplo, da vereadora Marielle Franco, assassinada há dois anos.

Em contrapartida, teve também quem fosse à janela para mostrar apoio ao presidente, depois de pedidos feitos por ele próprio e seus aliados, como uma resposta aos atos contra o seu governo. Por meio de redes sociais, a convocação do “panelaço contra a esquerda” foi chamada para as 21h. Houve manifestações a favor do presidente ao menos em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e outras cidades. Foram entoados gritos de “mito” e outros elogios a Bolsonaro.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade