Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Bolsonaro xingou Doria, Witzel e prefeito de Manaus em reunião ministerial

Reação inflamada do presidente foi em relação às ações de isolamento social adotadas pelos estados

Por Mariana Zylberkan
Atualizado em 22 Maio 2020, 17h42 - Publicado em 22 Maio 2020, 17h26

O presidente Jair Bolsonaro xingou os governadores do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), e de São Paulo, João Doria (PSDB), durante reunião ministerial que teve a divulgação do registro em vídeo autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Celso de Mello, nesta sexta-feira, 22.

O que os caras querem é nossa hemorroida, nossa liberdade. Isso é uma verdade. O que esses caras fizeram com o vírus, esse bosta desse governador de São Paulo, esse estrume do Rio de Janeiro, dentre outros, é exatamente isso, aproveitaram o vírus. O bosta do prefeito de Manaus, [Arthur Virgilio (PSDB)], está agora abrindo covas coletivas”, disse o presidente. 

A reação extremada do presidente mirou adversários políticos que se posicionaram a favor do isolamento social em seus estados contrariando as diretrizes de Bolsonaro em relação à pandemia de coronavírus, avaliada por ele como um exagero e uma “gripezinha”.

A oposição a Doria e Witzel é anterior à crise provocada pelo coronavírus e foi acentuada nos últimos dois meses. Bolsonaro chamou Witzel diversas vezes de traidor, assim como Doria, depois que os governadores deixaram de apoiá-lo, apesar de terem sido aliados nas eleições de 2018.

Continua após a publicidade

O vídeo com as declarações foi apontado pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, como prova de que o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir politicamente na Polícia Federal

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.