Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsonaro volta a defender filho em embaixada: ‘Fala inglês e espanhol’

Presidente, que brincou ao lembrar que Eduardo 'frita hambúrguer também', não confirmou se bateu o martelo sobre a indicação

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender, nesta terça-feira, 16, uma eventual indicação do seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para comandar a embaixada brasileira em Washington, nos Estados Unidos.

Ao chegar à cerimônia de hasteamento da bandeira em frente ao Palácio da Alvorada nesta manhã, Bolsonaro elogiou o filho. “Fala inglês, fala espanhol, tem uma vivência internacional muito grande”, elencou. Em seguida, brincou ao citar uma declaração do próprio Eduardo na sexta, ao destacar sua experiência nos Estados Unidos: “E frita hambúrguer também, tá legal?”.

Questionado pelos repórteres presentes se já havia “batido o martelo” sobre a indicação, o presidente não respondeu.

A intenção de Bolsonaro de indicar seu filho rompe uma tradição de 50 anos, nos quais apenas diplomatas de carreira – com experiência comprovada em negociações políticas e econômicas – ocuparam o posto de embaixador do Brasil nos Estados Unidos. O cargo é considerado o mais importante da diplomacia brasileira no exterior.

A escolha foi criticada por setores da diplomacia, pela oposição e até por aliados do governo. Além disso, pode encontrar resistência no Senado, que precisa sabatinar e aprovar o indicado. A Justiça também poderia barrar o movimento se entendesse que o caso configura nepotismo. Na noite de segunda-feira, o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, afirmou que a eventual indicação é “legalmente viável”.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    Ainda por cima jogou muito Banco Imobiliário na infância.

    Curtir

  2. Cláudio Moura

    Para ser Embaixador basta frequentar jantares suntuosos e nisso o cara é bom.

    Curtir