Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Bolsonaro para de crescer e só aparece à frente de Lula no Centro-Oeste

Interrupção da ascensão do presidente coincide com seus ataques ao Supremo Tribunal Federal e ao Tribunal Superior Eleitoral

Por Daniel Pereira Atualizado em 11 Maio 2022, 09h40 - Publicado em 11 Maio 2022, 07h00

Depois de crescer oito pontos percentuais em três meses e reduzir de 22 para 14 pontos a desvantagem em relação a Lula (PT), o presidente Jair Bolsonaro (PL) parou de crescer em maio, conforme pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira, 11.

De acordo com o levantamento, o petista tem 46% das intenções de voto no primeiro, um ponto a mais do que em abril. Já Bolsonaro se manteve com 31%, interrompendo uma escalada que começou em fevereiro, quando tinha 23%, e ganhou impulso em março, quando atingiu 26%. Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB) registraram, respectivamente, 9% e 4%. Nos dois principais cenários pesquisados, Lula supera numericamente a soma dos demais adversários (46% a 44%), o que, em tese, lhe dá chance de vencer no primeiro turno.

Para o cientista político Felipe Nunes, diretor da Quaest, os embates de Bolsonaro com o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contribuíram para a interrupção do crescimento de sua campanha à reeleição. Nunes citou especificamente a influência do caso do perdão presidencial ao deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), condenado à prisão pelo STF. “A graça presidencial ao deputado Silveira engajou os setores radicais da campanha, mas afastou o eleitor moderado que vinha se aproximando do presidente.”

Em sua sexta candidatura à Presidência, Lula lidera em quatro das cinco regiões do país — só perde no Centro-Oeste, por 48% a 32%. Na estratégica região Sudeste, o petista tem vantagem folgada, de 43% a 29%. Na simulação de segundo turno, Lula tem 54%, e Bolsonaro 34%

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês