Política

Bolsonaro leva facada em atentado durante campanha em Juiz de Fora

Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, foi esfaqueado durante um ato de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais na tarde desta quinta-feira, 6. O presidenciável foi atingido no abdômen e, levado para a Santa Casa de Misericórdia da cidade mineira, passou por uma cirurgia de cerca de quatro horas. Segundo a equipe médica que operou o candidato à Presidência, ele sofreu lesões nos intestinos delgado e grosso. O quadro dele é “grave, mas estável”. O suspeito do ataque, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi preso e está custodiado em uma delegacia da Polícia Federal.

Após a operação, Jair Bolsonaro foi levado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa. Ele já retomou a consciência e recebeu familiares e assessores. Os médicos esperam que ele passe pelo menos de sete a dez dias internado. Uma transferência ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, foi solicitada pela família do presidenciável e será analisada nas próximas horas, quando uma equipe do hospital paulistano chegará a Juiz de Fora.

VEJA.com.br

Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Tenha acesso ilimitado à maior, mais influente e prestigiada revista brasileira de informação.

Online

R$ 9 ,90 /mês

R$ 29,90 a partir do quarto mês

Acesso ilimitado ao site, com reportagens da revista e conteúdo exclusivo online.

Assine agora Conheça mais opções de assinatura