Clique e assine com até 92% de desconto

Bolsonaro diz que ‘militantes políticos’ pioram ranking da educação

Durante viagem ao Rio, onde cumpre várias agendas, o presidente desferiu críticas ao ensino tradicional

Por Hugo Marques 15 ago 2020, 14h05

O presidente Jair Bolsonaro criticou o que ele considera ser um viés ideológico do ensino brasileiro durante sua viagem ao Rio de Janeiro, onde desde ontem cumpre várias agendas. Após inaugurar a Escola Cívico-Militar General Abreu, na Zona Norte, o presidente mirou seu arsenal na qualidade do ensino, em uma postagem nas redes sociais:

“Hoje, no Rio de Janeiro, participamos da inauguração da Escola Cívico Militar General Abreu. Esta como em Manaus, Goiás, Bagé/RS e outras em processo de instalação, objetivam o ensino de base, preparando cidadãos e não muitas das vezes, militantes políticos que nos colocam nos piores rankings mundiais de educação!”, escreveu Bolsonaro.

Esta não foi a única crítica do presidente ao ensino tradicional. Durante a inauguração das escola, ele fez uma relação entre disciplina militar e educação, alertando para as notas baixas do Brasil nas provas do Pisa, o Programa Internacional de Avaliação de Alunos.

“É quase como um quartel. Se não tiver hierarquia e disciplina ele não cumpre a sua missão. O que liberta o homem, a mulher, é o conhecimento. Na prova do Pisa, ficamos sempre em último, antepenúltimo ou penúltimo lugar”, disse Bolsonaro.

Na manhã deste sábado, o presidente participou da formatura de paraquedistas, no 26º Batalhão de Infantaria de Paraquedistas, na Vila Militar. “Hoje o paraquedista não apenas salta a rampa, hoje ele sobe a rampa do Planalto Central para mostrar a todos no Brasil que temos honra na condução das questões públicas”, disse o presidente.

Durante a solenidade que homenageou os novos paraquedistas, o presidente Bolsonaro caminhou ao lado de uma cerca com centenas de parentes dos soldados e depois caminhou entre os próprios paraquedistas, causando muita aglomeração. Algumas pessoas não usavam máscaras.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade