Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bahia: Aécio fecha chapa com Geddel para o Senado

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, senador Aécio Neves, anunciou nesta segunda-feira a composição de uma chapa ampla para enfrentar o PT nas eleições de outubro, na Bahia. Aécio anunciou o nome do ex-governador Paulo Souto (DEM) como candidato da oposição contra Rui Costa (PT), secretário da Casa Civil escolhido pelo governador Jaques Wagner (PT) para a sucessão. Os tucanos indicaram o ex-deputado Joaci Góes como pré-candidato a vice-governador. O peemedebista Geddel Vieira Lima, então pré-candidato ao governo do Estado, retirou seu nome e disputará o Senado. A chapa foi costurada por Aécio com articulação do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). “Foi a mais bem sucedida construção política das eleições de 2014. É uma chapa competitiva do ponto de vista do Estado e também permitirá que, no plano nacional, tenhamos um apoio que não tivemos nas últimas eleições”, disse Aécio. O prefeito de Salvador disse que a escolha dos nomes partiu de um consenso entre os partidos. Opositor da presidente Dilma Rousseff, Geddel disse que ainda tem vontade de concorrer ao governo baiano, mas que dessa vez “não deu”. “O que me convenceu [a abrir mão da candidatura ao governo] foi o meu sentimento de responsabilidade. Não posso passar oito anos criticando um governo que acho que fez muito pouco pela Bahia e perder a oportunidade de derrotá-lo”, disse Geddel.

Leia também:

Ricardo Setti: Aécio faz ‘milagre político’ na Bahia