Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Auxiliares de Teori concluem audiências com delatores da Odebrecht

Último dos 77 executivos a ser ouvido foi o ex-presidente da empresa Marcelo Odebrecht, único que continua preso; próximo passo é a homologação pelo STF

Com a audiência de Marcelo Odebrecht, realizada na manhã desta sexta-feira na Justiça Federal em Curitiba, os juízes auxiliares que atuam no gabinete do ministro Teori Zavascki, morto no dia 19 em um acidente aéreo em Paraty (RJ), concluíram a tomada dos depoimentos para confirmar o teor dos acordos dos 77 executivos e ex-funcionários da empreiteira e que devem dobrar o tamanho das investigações da Lava Jato.

O caso agora está nas mãos da presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, que deve redistribuir a relatoria dos processos da Lava Jato na semana que vem. Após a morte de Teori, ela conversou com outros colegas da Corte e até com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e decidiu no começo da semana retomar o cronograma dos depoimentos da Odebrecht que havia sido estabelecido por Teori.

O antigo relator do caso no STF e seus juízes auxiliares dedicaram-se ao assunto nas férias e, com o acidente, o cronograma inicial foi interrompido. Mesmo com a morte do ministro, os auxiliares que atuam em seu gabinete permanecem trabalhando até que o sucessor de Teori assuma e decida sobre a equipe do gabinete.

O acordo de colaboração fechado com a Procuradoria-Geral da República prevê que apenas Marcelo Odebrecht continue na prisão até o fim deste ano. Ao todo, a pena prevista para Marcelo será de dez anos, sendo os dois primeiros na cadeia.

Ele está preso preventivamente por determinação do juiz Sérgio Moro desde junho de 2015, suspeito de pagar propina em troca de contratos na Petrobras. Depois desse período, no fim de 2017, passará a ter direito a progressões gradativas: dois anos e meio em regime fechado domiciliar, dois anos e meio no semiaberto e a última parte no regime aberto.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Douglas navas

    Lula ! Se entregue e seja um pouco digno! Honre o saco nordestino de cabra macho! Orgulhe seu povo!!

    Curtir

  2. Gilberto Goncalves

    Esse Marcelo Odebrecht prejudicou tanto o Brasil, tantos bilhoes roubados e pega só 2 anos de cana e 2 de domiciliar? depois disto é só festa. O cara deveria pegar 30 na cadeia, no minimo. Esse Brasil é uma piada.

    Curtir

  3. Começo a achar que a delação premiada é o outro nome da impunidade.

    Curtir

  4. Roberto Negromonte Santos Negromonte

    O Brasil espera apreensivo a aplicação da justiça para essa família maldita que desgraçou o país com tanta corrupção. Qual servidor público do jurídico que se arriscará pedindo a libertação desses criminosos desgraçados?.

    Curtir

  5. Anjo Conservador

    Concluiram??? Pelo amor de Deus, não entrem num avião…

    Curtir