Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Após piora de Marisa, FHC visita Lula em hospital em SP

Último encontro dos dois havia sido em 2013, no velório de Nelson Mandela

Por Da redação Atualizado em 2 fev 2017, 18h33 - Publicado em 2 fev 2017, 18h32

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) esteve na tarde desta quinta-feira no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para prestar solidariedade ao sucessor, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Lula acompanha a esposa, a ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, internada desde a terça-feira da semana passada, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC).

Ao site de VEJA, o senador Jorge Viana (PT-AC), parte da comitiva de aliados e militantes que estão no hospital em apoio a Lula, diz que esse foi um “gesto bonito” de Fernando Henrique. Viana também lembrou que o petista esteve no velório de Ruth Cardoso, na Sala São Paulo,  em junho de 2008.

É a primeira vez que os dois se encontram em mais de três anos, desde dezembro de 2013, quando fizeram parte da comitiva brasileira que esteve no velório do ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela, líder da luta contra o apartheid, regime de separação entre brancos e negros que vigorava no país. Além de FHC e Lula, a comitiva, liderada por Dilma Rousseff, contou também com os ex-presidentes José Sarney e Fernando Collor de Mello.

Médicos do Hospital Sírio-Libanês informaram que o caso de Marisa Letícia é gravíssimo e irreversível. A ex-primeira-dama teve uma parada no fluxo cerebral e a família Lula da Silva autorizou o hospital a preparar os procedimentos para o transplante de órgãos.

Continua após a publicidade

Publicidade