Clique e assine com até 92% de desconto

Após lista do petrolão, Cunha pede acesso a processo

Por Da Redação 4 mar 2015, 20h34

Embora continue negando publicamente ter sido informado de que faz parte da lista de autoridades contra as quais o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu investigação, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), apresentou nesta quarta-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedido para ter acesso a “quaisquer processos ou procedimentos” referentes à Operação Lava Jato em que ele é citado. No pedido, os advogados Davi Evangelista e Reginaldo de Castro invocam uma súmula do STF para afirmar que, como defensores, têm garantido o “amplo acesso aos elementos de prova”, sob pena de violação do direito de defesa. Nos depoimentos colhidos ao longo da Lava Jato, o agente Jayme Alves de Oliveira Filho, conhecido como Careca, disse que repassou recursos ilícitos ao parlamentar. (Laryssa Borges, de Brasília)

Leia também:

Teori vai analisar pedidos de investigação até sexta

Publicidade