Clique e assine a partir de 9,90/mês

‘Apoiamos a proposta do impeachment’, diz Aécio

Oposição comemorou decisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha. 'Existem elementos consistentes que podem levar ao afastamento da presidente da República', disse Aécio

Por Da Redação - 2 dez 2015, 20h31

O senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), afirmou nesta quarta-feira que o partido recebeu com “absoluta naturalidade” a decisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-MG), de deflagrar o pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Para o tucano, que foi derritado pela petista no segundo turno das eleições, a decisão foi “ancorada naquilo que prevê a Constituição”.

Aécio repetiu várias vezes que Dilma “perdeu as condições de governar” e avaliou que caberá aos parlamentares na Câmara, depois no Senado, “acolher o sentimento da população brasileira”. O parlamentar considerou como “extremamente consistente” a peça que deu origem ao pedido de impeachment – produzida pelos juristas Miguel Reale Jr. e Hélio Bicudo, além da advogada Janaína Paschoal. “O que existe neste momento é o sentimento da prudência para que o processo tenha o trâmite adequado e a presidente apresente suas justificativas.”

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade