Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

‘Antipolítico’, tucano é eleito prefeito de Porto Velho

Com 100% das urnas apuradas, Dr Hildon alcançou 65% dos votos válidos contra Léo Moraes, do PTB

Por Marcela Mattos Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 30 out 2016, 22h07 - Publicado em 30 out 2016, 19h36

Antes tratado como o azarão na disputa pela prefeitura de Porto Velho, o candidato Hildon de Lima Chaves, do PSDB, saiu do traço nas pesquisas eleitorais e, em apenas 45 dias de campanha, deixou o total desconhecimento nas urnas para transformar-se no novo prefeito da capital de Rondônia com ampla vantagem sobre seu adversário, o deputado estadual Léo Moraes, do PTB.

Com 100% das urnas apuradas, Dr Hildon, como é conhecido, alcançou 65% dos votos (148.673 votos) e está confirmado como o próximo prefeito de Porto Velho. Moraes obteve 79.534 votos. O índice de abstenção foi altíssimo: 23% dos eleitores optaram por não votar. Houve 4,9% votos nulos e 1,9% em branco

O feito foi alcançado graças a uma fórmula bem sucedida nestas eleições: o candidato tucano jamais concorreu a um cargo eletivo, adotou o discurso antipolítico e é milionário – combinação que elegeu João Doria (PSDB) prefeito em São Paulo. Não à toa, o novo prefeito logo ganhou a comparação com seu correligionário.

Dr. Hildon é ex-promotor de Justiça e dono de uma série de empresas, entre elas uma grande rede de ensino. O tucano também destaca-se como o mais rico da disputa em Porto Velho e o que mais conseguiu captar recursos para a campanha: teve um total de 2 milhões de reais em receitas declaradas à Justiça Eleitoral, dos quais 1,6 milhões de reais foram tirados de seu próprio bolso.

Continua após a publicidade

A partir de janeiro de 2017, o empresário vai substituir Mauro Nazif, do PSB. O atual prefeito tentou a reeleição, mas acabou em terceiro lugar.

A vitória de Hildon representa também mais um avanço do PSDB no Norte do país – o prefeito Artur Neto foi reeleito neste domingo – e concretiza o sucesso do partido nas eleições deste ano.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.