Clique e assine com até 92% de desconto

Anac suspende empresa após queda de avião no PA

Fretax está suspensa cautelarmente até que as apurações sobre o acidente sejam finalizadas; piloto e nove passageiros morreram na queda

Por Da Redação 14 mar 2013, 14h54

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu cautelarmente a empresa Fretax, proprietária do bimotor que caiu em Monte Dourado, no Pará, até que as investigações sobre as causas do acidente sejam finalizadas. Um piloto e nove passageiros morreram.

A agência comunicou, por meio de nota, que a empresa e suas aeronaves estão proibidas de qualquer tipo de operação aérea. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

O avião tinha sido fretado pela empresa de engenharia Cesbe, que é responsável pela obra da Usina Hidrelétrica Santo Antonio do Jari, para onde se dirigia a aeronave, na cidade paraense de Almeirim.

A Anac informou ainda que o certificado de aeronavegabilidade tinha validade até 2016, e a Inspeção Anual de Manutenção (IAM), até maio de 2013. O piloto estava com habilitação e exame médico válidos.

Em nota, a Fretax lamentou o ocorrido e disse que a “empresa está prestando total assistência aos envolvidos no sinistro, bem como vem tomando todas as providências junto aos seus familiares, que receberão todo suporte e informações necessárias”, mas ainda não se manifestou sobre a suspenção.

Local do acidente

[googlemaps https://maps.google.com.br/maps/ms?msa=0&msid=214719878387727033147.0004d7d06e2c46793ad0b&ie=UTF8&t=m&ll=0.922812,-52.514648&spn=8.779323,12.941895&z=6&iwloc=0004d7d071c370b76a321&output=embed&w=100%&h=480%5D

Continua após a publicidade
Publicidade