Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aloysio Nunes nega ter sido sondado para o Itamaraty

Líder do governo Temer, senador afirma que é ‘um parlamentar por excelência'; de acordo com ele, Serra ‘precisa se poupar do ponto de vista institucional’

Na lista de nomes cotados para substituir José Serra no Ministério das Relações Exteriores, o líder do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP), negou nesta quinta-feira que tenha interesse em assumir o cargo. “Não teve sondagem, nem haverá, podem ficar tranquilos. Gosto do trabalho que estou fazendo. Sou parlamentar por excelência”, afirmou o tucano.

Na noite desta quarta-feira, Serra pediu exoneração do comando do Itamaraty e deixou o governo do presidente Michel Temer. Segundo Aloysio, o principal motivo para a saída de Serra no ministério foi, de fato, o problema de saúde relacionado à coluna do ex-governador de São Paulo. “A cirurgia foi exitosa do ponto de vista ortopédico, mas do ponto de vista institucional ele precisa se poupar”, disse o líder do governo.

Integrantes da cúpula do PSDB viram a iniciativa com “surpresa”. “O Serra entrou em contato no meio da tarde para saber se eu estava em Brasília, mas disse que já estava voltando para São Paulo. Não disse o que seria. Depois veio a carta (com pedido de exoneração). Foi algo inesperado”, afirmou o senador José Aníbal (PSDB-SP), suplente de Serra e que agora devolve o mandato ao titular.

José Serra estava no comando do ministério desde o dia 12 de maio, quando a presidente Dilma Rousseff (PT) foi afastada durante o processo de impeachment que levou à sua cassação e Temer nomeou os novos titulares dos ministérios.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Napoleao Gomes

    Sim, é tudo mentira! O que é verdade na quadrilhadotemer?

    Curtir