Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Alckmin volta a descartar racionamento de água no Estado

No Anhembi, tucano comemora redução do consumo e "uso racional da água"

Por Da Redação
1 mar 2014, 03h46

No Anhembi para acompanhar o desfile das escolas de samba de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) voltou a descartar, na noite desta sexta-feira, o racionamento de água no Estado. Segundo ele, a adesão da população à campanha de uso racional de água rendeu uma economia de 10% no consumo, suficiente para afastar a necessidade de racionamento.

Leia também: Chuva em São Paulo alaga ruas ao redor do Sambódromo

“Estamos conseguindo reduzir o consumo com a própria população fazendo o uso racional da água. A adesão está ótima e é crescente”, comemorou Alckmin, que divide o camarote da Prefeitura de São Paulo com Fernando Haddad (PT). A chegada do governador ao Sambódromo coincidiu com o início de uma chuva torrencial na capital paulista, que alagou as ruas em volta do Anhembi. Com os reservatórios de água do Estado em níveis baixíssimos, o governador brincou com a situação. “Chuva boa na hora errada”, declarou ele, que antes havia afirmado torcer para que chovesse, mas só depois dos desfiles.

Reservatório – Nesta sexta-feira, o índice que mede o volume de água armazenado nos reservatórios do Sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo, caiu para 16,4%, um novo recorde negativo. No dia anterior, o nível estava em 16,6%.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.