Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Alckmin sobrevoa áreas alagadas de São Paulo

Governador monitora situação de sala de situação do DAEE

Por Carolina Freitas 11 jan 2011, 09h57

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, sobrevoou de helicóptero na manhã desta terça-feira áreas alagadas da capital paulista. Um temporal que começou na noite de segunda-feira provocou pelo menos sete mortes no estado. Na cidade, chegaram a 70 os pontos de alagamento e cinco rios transbordaram.

Por volta de 10 horas, Alckmin seguiu para um edifício da administração estadual no centro da cidade, onde funciona o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE). Da sala de situação, equipada com computadores e televisões que mostram em tempo real informações metereológicas e de nível dos rios e reservatórios, o governador monitorou por cerca de uma hora a situação no estado. Alckmin concede às 14h30 uma entrevista coletiva no DAEE para falar sobre o assunto.

O dia amanheceu com as principais pistas e rodovias da cidade congestionadas por causa dos alagamentos. A lentidão chegou a ser registrada ao longo de 60 km da capital paulista e alguns trechos ficaram intransitáveis, como a Marginal Tietê. Ao longo da manhã, porém, a situação começa a se normalizar. Às 10h, a lentidão era de 44 km. O rodízio de carros de passeio foi suspenso e os caminhões podem transitar até o meio-dia nos locais em que há restrições.

Publicidade