Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alckmin oferece R$ 50.000 por pistas sobre autores de chacina

Trata-se da maior recompensa já oferecida pelo Estado por informações a respeito de um crime

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta segunda-feira que o governo estadual dará uma recompensa de 50.000 reais para quem tiver novas informações que levem à prisão de suspeitos de comandar uma chacina que matou dezoito pessoas na última quinta-feira em Osasco e Barueri, na Grande São Paulo.

As denúncias devem ser feitas pelo site webdenuncias.org.br. O valor é o maior já oferecido por informações sobre suspeitos. Alckmin afirmou que há cinquenta policiais focados em esclarecer o caso, mas que as colaborações serão bem-vindas. “Quem tiver informações, não é pelo 181, é pelo Web Denúncia. Total sigilo”, disse o governador.

O governador não deu novos detalhes sobre os avanços da operação no fim de semana para, segundo ele, não comprometer as investigações. “Nenhuma hipótese está descartada e nós devemos ter segurança para poder fazer afirmações comprovadas. Então vamos aguardar o trabalho”, disse. Ele informou ainda que o secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, tem reunião marcada hoje com toda a equipe da Polícia Civil.

Leia também:

Força-tarefa investiga se morte de PM motivou chacina

Após ataques, Alckmin cancela agenda e se reúne com secretário de Segurança

(Com Estadão Conteúdo)