Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alckmin diz que vai enviar projeto de passe livre para estudantes

Anúncio ocorre na mesma semana em que entrou em vigor o reajuste nas tarifas de metrô e trens; MPL marcou protestos para o final da semana

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), anunciou nesta quarta-feira que vai encaminhar até amanhã à Assembleia Legislativa um projeto de lei que institui a tarifa zero no Metrô, na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e na Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) para estudantes da rede pública de ensino. “O projeto está sendo concluído e vai entrar em regime de urgência. Esperamos que a Assembleia, que volta a trabalhar no início de fevereiro, aprove o mais rápido possível”, afirmou o governador.

Alckmin já havia dito que estudava a possibilidade de implantar a proposta quando anunciou o aumento da passagem no sistema metroferroviário, no dia 26 de dezembro do ano passado. No mesmo dia, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou que concederia insenção da tarifa para estudantes de baixa renda. No dia 19 de dezembro, a Câmara Municipal aprovou em primeira votação o projeto de tarifa zero, cujas diretrizes ainda precisam ser formuladas e definidas pelo Executivo.

Nesta terça-feira, entrou em vigor a elevação no preço da passagem de ônibus e metrô, que passou de 3 reais para 3,50 reais.

O anúncio da tarifa zero para estudantes ocorre no momento em que o Movimento Passe Livre, responsável por organizar os primeiros protestos de junho de 2013, mobiliza uma manifestação para esta sexta-feira contra o novo reajuste. Também há atos organizados pelas redes sociais no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Florianópolis.

Leia também:

SP: Ônibus, metrô e trens têm maior aumento em 5 anos

(Com Estadão Conteúdo e Agência Brasil)