Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alckmin diz que Serra deve sair candidato em 2014

Governador afirma que candidatura do tucano "é natural", mas desconversa sobre o cargo que ele poderia disputar. Aécio foi ao 'Programa do Ratinho'

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou na noite desta quinta-feira que o tucano José Serra deverá sair candidato a algum cargo político nas eleições do próximo ano. “Acho que é natural que ele seja candidato, que ele participe do processo eleitoral”, disse Alckmin sem, no entanto, dizer qual cargo Serra poderia concorrer. “A qual cargo ele vai ser candidato, acho que é o momento que irá dizer e sua disposição também.”

Nesta quinta, o governador já havia afirmado, durante evento em Brasília, que o PSDB “estava muito bem representado” com o senador Aécio Neves (MG), mas que que achava cedo para definir o nome do candidato tucano à Presidência da República.

Eleito presidente do partido, Aécio tem aumentado sua exposição nacional. Na noite de quinta, ele foi ao Programa do Ratinho, do SBT, seguindo a estratégia de tentar dialogar com as classes C e D. Na TV, disse que o Bolsa Famíllia “tem o DNA” do PSDB.

Secretariado – Alckmin confirmou também a mudança no seu secretariado para abrigar o PRB, partido do ex-deputado federal Celso Russomanno, com a nomeação de Rogério Hamamna na Secretaria de Desenvolvimento Social. De acordo com o governador, trata-se de um “remanejamento” do seu secretariado – que ainda não terminou. “Estamos fazendo, e ainda não está fechado, um remanejamento dentro do governo”, disse Alckmin.

O atual secretário da pasta, Rodrigo Garcia (DEM), deverá assumir outro cargo na administração estadual. “O Rodrigo Garcia, que fez um belíssimo trabalho, deve ir para outra área do governo, e é provável sim que ele assuma uma secretaria da área social”, afirmou.

(Com Estadão Conteúdo)