Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alckmin confirma mais três secretários

Governador define titulares da Educação, Habitação e Justiça

O governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, voltou a usar o Twitter para informar nomes do seu secretariado. Uma hora antes do horário marcado para o anúncio oficial, Alckmin publicou em sua página pessoal a indicação de três auxiliares. O reitor da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Herman Voorwald, assumirá a Secretaria da Educação. Paulo Renato Soares, empossado na gestão de José Serra e mantido no cargo por Alberto Goldman deixa a pasta. O deputado federal Silvio Torres (PSDB), derrotado nas urnas e fiel aliado de Alckmin, ficará com a Secretaria da Habitação. Substitui o engenheiro Lair Krähenbühl. A Secretaria de Justiça será chefiada pela procuradora Eloisa de Sousa Arruda, Diretora da Escola Superior do Ministério Público de São Paulo. Quem deixa o cargo é o procurador de Justiça Ricardo Dias Leme, que assumiu a pasta em abril, após a ida de Luiz Antonio Marrey para a chefia da Casa Civil do governo Goldman. Com o anúncio, chegam a 15 os integrantes do governo escolhidos. O governo de São Paulo é composto por 26 secretarias. Alckmin já sinalizou que pretende diminuir este número. Ele prometeu extinguir a Secretaria de Ensino Superior e a de Relações Institucionais e criar a Secretaria de Gestão Metropolitana.