Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Agnelo Queiroz é citado em gravações de João Dias

Governador do DF tomou as dores do policial, aflito com um ofício do ministério que o responsabilizava por irregularidades no programa Segundo Tempo

Por Da Redação 22 out 2011, 16h24

Um trecho das gravações feitas pelo policial João Dias durante encontro com assessores de Orlando Dias, em 2008, e transcritas na edição de VEJA desta semana, vai obrigar o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, a dar explicações.

Na conversa, Fábio Hansen, que continua como mandachuva do programa Segundo Tempo, faz uma revelação: “Nós conversamos com Agnelo hoje. Agnelo estava indignado. Agnelo nos chamou de moleques hoje. (…) O Agnelo ficou p., ficou indignado. Falou: ‘Vocês não sabem o estado em que está o João'”.

Tradução: ex-ministro do Esporte e ex-estrela do PCdoB, no qual João Dias também militava, Agnelo, hoje convertido ao petismo, tomou as dores do policial, aflito com um ofício do ministério que o responsabilizava por irregularidades no programa Segundo Tempo.

Em suas inúmeras explicações na semana passada, o ministro Orlando Silva insinuou mais de uma vez que a corrupção em sua pasta tinha raízes na gestão do antecessor.

Continua após a publicidade
Publicidade