Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Afastado do mandato, Cunha descarta renúncia

Afastado nesta quinta-feira do mandato por decisão liminar do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), o agora ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) descartou a chance de renunciar. A informação foi repassada por meio da assessoria de imprensa do parlamentar, que afirmou que não há chance de Cunha abdicar do cargo. A ideia de renunciar ao comando da Câmara vinha sendo ventilada por aliados do deputado como forma de fugir da cassação – o que lhe garantiria foro privilegiado. O plenário do STF analisa na tarde desta quinta se mantém a decisão de Teori. Ao término do julgamento Cunha deve se manifestar em coletiva de imprensa. (Marcela Mattos, de Brasília)