Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Aécio promete alternativa pelo fim do fator previdenciário

Tema é um dos principais pleitos da Força Sindical, que apoia sua candidatura

Por Bruna Fasano 19 set 2014, 15h09

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, fez um aceno a sindicalistas e afirmou nesta sexta-feira que, se eleito, pretende acabar com o fator previdenciário, mecanismo criado no governo Fernando Henrique Cardoso para impedir aposentadorias precoces. “Vamos encontrar alternativas, ao longo dos próximos anos, para acabarmos com o fator previdenciário de forma responsável. Vamos dialogar, e será no diálogo que nós vamos encontrar caminhos, alternativas, que garantam a capacidade de pagamento da Previdência, impedindo que o fator continue a punir de forma tão violenta como vem punindo o salário dos aposentados brasileiros”, afirmou.

Desde quarta-feira, a Força Sindical, que apoia sua candidatura, pressiona para que Aécio inclua o compromisso no programa de governo que ainda não foi divulgado. Na última quarta-feira, o deputado federal Paulinho da Força (SD-SP) organizou um almoço entre Aécio e representantes sindicais para tratar do assunto.

Hoje, em encontro com mulheres que trabalham na indústria metalúrgica, realizado na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, na capital paulista, Aécio prometeu “garantir a manutenção da atual política de reajuste do salário mínimo” e “garantir pelo IPCA o reajuste da tabela do Imposto de Renda”.

O tucano afirmou ainda que o assunto será tratado em sua propaganda eleitoral no sábado. Na TV e no rádio, Aécio manterá o discurso que fez hoje, com críticas ao governo da presidente-candidata Dilma Rousseff, que tenta a reeleição: “Vamos fazer isso olho no olho do trabalhador. O atual governo governou de costas para a classe trabalhadora”.

Pesquisa – O tucano ainda comemorou o resultado da pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira que aponta crescimento de sua candidatura: “A pesquisa aponta na direção daquilo que já estamos percebendo em todo o Brasil. A nossa candidatura cresce em praticamente todas as regiões e nós já temos, a partir das avaliações internas que fazemos, sinais maiores do que as pesquisas demonstram “.

Leia também:

‘Ninguém ganha eleição de véspera’, diz Aécio

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês