Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Acusado de fake news, blogueiro diz que ajudou a livrar país dos sovietes

Em depoimento à CPMI do Congresso, Allan dos Santos afirmou ainda que Eduardo Cunha ‘conseguiu vencer o comunismo’ e que seu apoio a Bolsonaro é voluntário

O blogueiro Allan dos Santos afirmou, nesta terça-feira, 5, em audiência na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News do Congresso Nacional, que criou o site Terça Livre em 2014 porque, à época, “os comunistas estavam querendo criar os sovietes no Brasil”. Os sovietes eram conselhos regionais formados por trabalhadores na antiga União Soviética e que determinavam políticas a serem adotadas pelo regime comunista.

“Criei minha empresa em 2014, porque os comunistas estavam querendo criar os sovietes no Brasil. O [Eduardo] Cunha conseguiu romper com isso, vencer o comunismo, as Farc (guerrilha colombiana), e todo o trabalho de guerrilha armada no Brasil”, disse Allan dos Santos. O criador do site respondeu a um questionamento do deputado federal Rui Falcão (PT-SP), autor do requerimento que aprovou a convocação do blogueiro bolsonarista. Em 2014, o país era presidido pela petista Dilma Rousseff, que foi reeleita nas eleições presidenciais daquele ano.

Apesar da proximidade com a família Bolsonaro e com o governo, que defende no seu blog, Allan dos Santos disse que nunca prestou serviço ao grupo. “Não presto qualquer tipo de serviço ao presidente da República”, disse.  O blogueiro também negou ter alguma relação com o PSL e disse que seu canal não é serve como uma “extensão partidária”. Também afirmou que ajudou a campanha de Jair Bolsonaro em 2018 de forma voluntária e que nunca recebeu dinheiro por isso.

O depoimento de Allan dos Santos é um dos mais aguardados desta primeira fase de oitivas do colegiado porque ele é considerado um dos líderes de um esquema de divulgação de notícias falsas e de ataques a adversários do presidente Jair Bolsonaro estimulado pelo próprio Palácio do Planalto. No Twitter, a hashtag #SomosTodosAllan ocupa a segunda colocação dos trending topics, com mais de 97 mil tuítes.

Em seu depoimento na semana passada, o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), expulso do PSL após fazer críticas ao partido e a Bolsonaro, questionou o rápido enriquecimento de Allan após ter se aproximado da família Bolsonaro. “Até um tempo atrás ele não tinha onde cair morto, hoje está em uma mansão em Brasília, com um carro alugado, um tal de um Corolla, um carro de luxo”, disse Frota ao colegiado. Nesta terça-feira, o blogueiro do Terça Livre afirmou que possui rendimento mensal médio de 5 mil dólares (aproximadamente 20 mil reais), valor suficiente para pagar 6.600 reais com o imóvel.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Matheus Barbosa

    A veja é jornaleco de bosta, não comprem!

    Curtir