Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A política em tempos de Romário: eleitor rima com otário

Jogador marcou presença na quinta-feira pela manhã na Câmara e, à tarde, foi fotografado jogando futevôlei na Praia da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro

‘Craque’ foi fotografado às 17h pelo jornal carioca Extra, com uniforme de Romário: short preto, camiseta azul e uma bola

Romário conquistou 146 mil votos e tornou-se deputado federal prometendo defender o esporte. Já na primeira sessão legislativa na Câmara dos Deputados, em Brasília, na quinta-feira, cumpriu a promessa – pelo menos para ele próprio. O baixinho – e aqui cabe usar um “b minúsculo” na referência à estatura – foi jogar futevôlei na Praia da Barra da Tijuca, no Rio, enquanto corria, em Brasília, o primeiro dia de trabalho no plenário. Provou, assim, que como parlamentar continua sendo um ótimo jogador. Pena que o drible agora seja no contribuinte.

O ‘craque’ foi fotografado às 17h pelo jornal carioca Extra, com uniforme de Romário: short preto, camiseta azul e uma bola sempre ao alcance dos pés. A sessão em Brasília foi das 14h às 18h.

A falta não vai gerar perdas para o parlamentar do PSB. As ausências só são descontadas do pagamento dos deputados e senadores quando ocorrem em sessões deliberativas.

Mesmo assim, houve trabalho na Câmara. E Romário, dois dias depois de sua posse, perdeu uma ótima oportunidade de provar que estava errado o verso de Tiririca – “pior do que está não fica”. O jogador optou, no entanto, por rimar seu nome com o que pensa do eleitor: otário.