Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

59% dos brasileiros não sabem em quem irão votar ou anularão o voto

Considerando as respostas espontâneas, este é o maior percentual nas últimas cinco eleições, segundo pesquisa CNI/Ibope; só 27% do eleitorado está convicto

Por André Siqueira 2 ago 2018, 16h37

Levantamento feito pelo Ibope para a Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que 59% dos eleitores não sabem em quem votar ou anularão seu voto nas eleições deste ano. Questionados sobre qual candidato pode receber seu voto, sem apresentar uma lista pré-determinada de candidatos, 31% dos entrevistados disseram que vão votar em branco e 28% não souberam ou não quiseram responder à pergunta. Este é o maior percentual detectado pelo instituto nas últimas cinco eleições, considerando as respostas espontâneas.

Outro dado revelado pela pesquisa é o de que apenas 27% dos eleitores estão convictos de sua escolha. O levantamento ouviu 2 mil pessoas entre os dias 21 e 24 de junho, e os dados sobre intenção de voto foram divulgados no dia 28 de junho – as informações reveladas nesta quinta-feira são um detalhamento do material.

Dentro do universo dos indecisos, 84% dos eleitores afirmam que irão se informar por meio dos veículos tradicionais de imprensa e 26% dizem que irão utilizar as redes sociais – neste caso, era possível apresentar mais de uma opção como fonte de informação. Apenas 5% dos brasileiros disseram que vão utilizar as redes sociais como única fonte.

Segundo o levantamento, entre aqueles que utilizam as redes sociais para se inteirar das eleições, 25% disseram que raramente ou nunca verificam a veracidade das informações recebidas. Outros 46% declararam que sempre verificam e 29% relataram que verificam às vezes.

Além da imprensa e redes sociais, os eleitores também apontaram como fontes de informações as conversas com parentes e amigos (10%), reuniões na igreja (3%), na associação de moradores (3%) e em sindicatos/associações profissionais (2%). Apenas 6% dos eleitores disseram que vão se informar pela propaganda eleitoral.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês