Clique e assine a partir de 9,90/mês

O medo de Bolsonaro com Queiroz

Thomas Traumann analisa os novos desdobramentos do caso Queiroz para o presidente da República

Por Thomas Traumann - Atualizado em 24 ago 2020, 17h50 - Publicado em 24 ago 2020, 17h18

Jair Bolsonaro não é um mito, mas também tem seu calcanhar de Aquiles. E o nome desse calcanhar é Fabrício Queiroz. basta aparecer o nome Queiroz na história e Bolsonaro demonstra a sua fraqueza.

Mas depois de um julho turbulento, tudo parecia controlado. Até que os procuradores do Rio divulgaram que Queiroz e sua mulher depositaram 89 mil reais na conta da primeira dama Michelle Bolsonaro, além de descobrir que Queiroz gastou mais de 300 mil em despesas de saúde para tratar seu câncer com dinheiro vivo.

Michelle não tem foro privilegiado. Se for investigada, será processada pela primeira instância do Rio. E Jair Bolsonaro sabe o risco.

Entenda neste episódio do podcast Traumann Traduz

Continua após a publicidade
Publicidade