Clique e assine a partir de 9,90/mês

Nelson Teich, o comandante escolhido pelo governo contra o coronavírus

Conheça a trajetória e as polêmicas do novo ministro da Saúde selecionado pelo presidente Jair Bolsonaro para substituir Luiz Henrique Mandetta

Por Da Redação - Atualizado em 23 abr 2020, 16h11 - Publicado em 23 abr 2020, 15h58

O oncologista Nelson Teich é conhecido na sua área por unir medicina à gestão administrativa. E com a necessidade de combater o coronavírus sem perder o foco na economia, o presidente Jair Bolsonaro o escolheu para comandar o Ministério da Saúde. Depois de ter sido um dos assessores para a área da saúde na campanha de Bolsonaro ao Planalto, em 2018, Teich chegou a ser cotado para a pasta, mas perdeu a vaga para Luiz Henrique Mandetta, de perfil mais político e também reconhecido por sua proximidade à iniciativa privada.

Mas Mandetta entrou em rota de colisão com o presidente por divergências na forma de como combater o coronavírus. Ao demitir Mandetta, Bolsonaro estabeleceu que o novo ministro deveria ser alguém favorável à ideia da flexibilização do isolamento. Até por isso, o nome de Teich ainda é visto com alguma desconfiança. E desafios não faltam neste início de trabalho à frente do Ministério da Saúde.

Conheça os detalhes de cada etapa da história de Nelson Teich em mais uma edição do podcast Funcionário da Semana

Publicidade