Clique e assine com 88% de desconto

As declarações dos filhos de Bolsonaro e as ousadias do Congresso

Dora Kramer, Augusto Nunes e Ricardo Noblat comentam as polêmicas envolvendo as declarações dos filhos do presidente da República

Por Da Redação - 13 set 2019, 18h12

Declarações dos filhos de Jair Bolsonaro causaram polêmica durante esta semana. No Twitter, Carlos Bolsonaro afirmou que o Brasil não terá transformação rápida por vias democráticas. Eduardo saiu em defesa do irmão e aproveitou para dizer que acredita que terá o nome aprovado pelo Senado para ser embaixador do Brasil nos Estados Unidos

Dora Kramer avalia que as manifestações da família Bolsonaro não estão sendo bem-vindas. E quanto mais estapafúrdias forem as declarações, mais fortes são as reações. E eles estão conseguindo fazer com que a sociedade fique alerta.

Ricardo Noblat coloca a culpa no pai Jair Bolsonaro. Para ele, os garotos são fruto da educação que tiveram. Eles ouviram o pai a vida inteira fazendo esse discurso e agora apenas repetem o que aprenderam em casa. O problema é que eles não repetem mais apenas o que o pai diz. Repetem o que o presidente da República diz.

Augusto Nunes considera que Bolsonaro e os filhos fazem este tipo de discurso para tentar manter o atual eleitorado, já pensando nas eleições de 2022.

Publicidade

Os colunistas de VEJA também comentam o comportamento do Congresso Nacional, que está aprovando medidas polêmicas, como afrouxar a lei do caixa dois, o controle de gastos, contribuindo para tudo o que possa interessar a corruptos. Eles também falam sobre a indicação de Augusto Aras para a Procuradoria-Geral da República.

Ouça mais um episódio do podcast Os Três Poderes:

Publicidade