Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

A indicação de ministros para o STF

Se a indicação só será no fim de 2020, por que o presidente está se adiantando tanto? Thomas Traumann analisa o caso nesta edição do podcast

Por Da Redação
Atualizado em 3 out 2019, 19h49 - Publicado em 10 jul 2019, 17h52

O presidente Jair Bolsonaro poderá indicar dois novos ministros ao Supremo Tribunal Federal, em 2020 e em 2021. Em um culto para celebrar os 42 anos da Igreja Universal, Bolsonaro disse que vai indicar pelo menos um “terrivelmente evangélico”.

Se a indicação só será no fim de 2020, por que o presidente está se adiantando tanto? A intenção é agradar o público evangélico, grupo que mais apoia o atual governo. Mas essa pessoa terá qualidade jurídica para ocupar o cargo mais alto do judiciário?

O problema é quando o presidente da República usa o direito de indicar um ministro do Supremo para fazer política com sua base eleitoral. E isso nem Deus perdoa.

O jornalista Thomas Traumann analisa o caso neste episódio do podcast Traumann Traduz:

Continua após a publicidade

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.