Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zidane nega que Real Madrid seja favorecido pela arbitragem

Após partida polêmica contra o Villareal, juízes deixaram estádio portando sacolas do clube merengue

O técnico Zinedine Zidane afirmou nesta terça-feira que o Real Madrid está liderando o Campeonato Espanhol por causa das boas performances no campo, não por qualquer tipo de ajuda da arbitragem. “Todo mundo pode dizer o que quiser, mas conseguimos tudo que estamos buscando pelo que estamos fazendo no gramado”, disse o treinador, na véspera da partida contra o Las Palmas, nesta quarta, em nova rodada do Espanhol.

Zidane se referia à arbitragem da partida contra o Villarreal no domingo. Jogando em casa, o Villarreal abriu 2 a 0, mas levou a virada, por 3 a 2. O segundo gol do Real Madrid saiu de uma jogada para lá de polêmica. Kroos chutou da entrada da área, a bola rebateu na zaga e acertou o peito de Bruno, que estava com o braço levantado. Além de marcar o pênalti, o juiz ainda expulsou o técnico Fran Escriba por reclamação. Na cobrança, Cristiano Ronaldo converteu e empatou a partida.

Depois da partida, o presidente do Villarreal, Fernando Roig, atacou o árbitro Gil Manzano e seus auxiliares e sugeriu que o Real fora beneficiado na partida. Isso porque a arbitragem recebeu presentes do clube de Madrid: Manzano e seus auxiliares deixaram o Estádio De La Cerâmica com malas com o símbolo do Real Madrid, cheias de brindes.

(Com Estadão Conteúdo)