Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zebra no Mundial: Al Ain elimina River nos pênaltis e está na final

Os árabes garantiram a vaga na decisão por pênaltis, após empate por 2 a 2, e agora aguardam por Real Madrid ou Kashima Antlers

O Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, conseguiu um feito histórico e eliminou o River Plate, da Argentina,nos pênaltis nesta terça-feira, 18, depois de empate por 2 a 2 no tempo normal da semifinal do Mundial de clubes da Fifa. Jogando em seu espaço, o representante do país-sede saiu na frente com gol do atacante sueco Marcus Berg, mas os argentinos viraram com dois gols do atacante Rafael Borré. No segundo tempo, os árabes empataram com o atacante brasileiro Caio Fernandes e levaram a melhor nas penalidades.

O clube argentino, recém-coroado campeão da Libertadores, em Madri, sofreu diante da equipe da casa, que teve um gol anulado com o auxílio do árbitro de vídeo (VAR) até conseguir empatar o jogo no segundo tempo. Ainda na segunda etapa, o River teve um pênalti desperdiçado pelo meia Gonzalo Martínez, que acertou o travessão. Na prorrogação o retrato foi outro, com os árabes cansados e o River criando várias oportunidades, mas sem sucesso. Na disputa por pênaltis, o clube da casa venceu por 5 a 4, depois que Enzo Pérez chutou nas mãos do goleiro Khalid.

O Al Ain agora aguarda pelo vencedor da outra semifinal, entre o Real Madrid, campeão europeu, e o Kashima Antlers, campeão asiático, na próxima quarta-feira, a partir das 14h30 (de Brasília). A final do Mundial está marcada para o próximo sábado, também às 14h30. Mais cedo, às 11h30, será realizada a disputa do terceiro lugar.

Espérance é o quinto colocado

O Espérance, da Tunísia, derrotou o Chivas Guadalajara, do México, nos pênaltis, depois de empatar no tempo regulamentar por 1 a 1. Os mexicanos marcaram com o meia Walter Sandoval, mas o meia Mohamed Belaílí deixou tudo igual. Além da vitória, os tunisianos surpreenderam ainda mais porque jogaram com dois jogadores a menos desde o final do segundo tempo – o lateral Houcine Rabii e o atacante Anice Badri foram expulsos.