Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Zagueiro Gum elogia árbitro de vídeo inexistente no Brasileirão

Recurso ainda não estreou no torneio e está presente somente na Copa do Brasil

O zagueiro Gum, autor do gol da vitória do Fluminense sobre o Corinthians nesta quarta-feira, no Maracanã, protagonizou uma gafe após a partida. Ao conceder entrevista na beira do campo, o defensor afirmou que o árbitro de vídeo fez a diferença no lance da expulsão de Romero, porém, no Campeonato Brasileiro esse recurso ainda não está disponível.

“Queria parabenizar o árbitro pela partida. Em lance decisivo, foi muito clara a expulsão. Por mais que os jogadores do Corinthians tentaram falar que não foi, a marca é visível no rosto do Digão. Ele tomou a cotovelada. Parabenizar o árbitro de vídeo, porque hoje ajudou muito no lance decisivo na partida, expulsão correta. Se não tivesse árbitro de vídeo, poderia complicar um pouquinho na interpretação do árbitro”, afirmou Gum à TV Globo.

Ao ser corrigido pelo repórter e se certificar que no Brasileirão o árbitro não conta com o auxílio da tecnologia, Gum refez sua declaração, mas continuou pregando que o VAR (sigla em inglês para árbitro de vídeo) precisa ser implementado de forma mais ampla no futebol brasileiro. “Como já tem na Copa do Brasil e terá no Campeonato Brasileiro, isso vai ajudar muito a arbitragem. Graças a Deus, o árbitro foi muito bem hoje, não prejudicou o Corinthians, nem o Fluminense. Esse árbitro de vídeo vai ajudar, porque hoje foram os auxiliares. Acho que ele não tinha convicção. Esses erros que definem campeonato vão acabar um pouquinho”, concluiu o zagueiro.